PSICOLOGIA RADICAL

 

/// INFORMAÇÕES

EndereçoRua Capote Valente, 75
CidadeSão Paulo
EstadoSão Paulo
PaísBrasil
CEP 05401-000

/// SOBRE

O Psicologia Radical atua em desenvolvimento humano, performance, saúde e qualidade de vida em psicologia do esporte dedicado à modalidades de ação. É resultado de anos de trabalho em psicologia clinica, psicologia do esporte e a vida enquanto, pesquisador, escritor, skatista e entusiasta de outros esportes radicais.

 

 

/// ALBERTO SANTOS
Psicólogo formado pela PUC SP. Especialista em Psicologia do Esporte e Mestre em Análise do Comportamento. Pesquisador premiado (Fundação Aniella e Tadeuz Gins3berg – Prêmio Aniela Ginsberg de melhor pesquisa de iniciação científica de alunos de Psicologia, PUC SP, 2013). No âmbito acadêmico desenvolve trabalhos enquanto pesquisador, colunista e escritor. Já atuou em esportes de combate e artes marciais; projetos sociais e iniciação esportiva; esporte paraolímpico; alta performance e modalidades de esportes eletrônicos. Atualmente, além do contexto da psicologia clínica, trabalha com modalidades de ação e esportes radicais, atividades de supervisão, cursos e treinamentos em psicologia do esporte

 

 

 

 


 

Oferecemos serviços em Psicologia do Esporte e Desenvolvimento Humano

 

O objetivo do Psicologia Radical é atuar e compartilhar conhecimento nas modalidades radicais e de ação por meio da Psicologia do Esporte. Seja na iniciação esportiva, nos campeonatos mirins-iniciantes, amadores, profissionais. É, também, espaço para discutir o papel da psicologia no cotidiano e na vida de quem pratica o esporte por lazer e estilo de vida. O estilo de vida que hoje resulta e concretiza o conceito deste trabalho teve sua semente plantada ainda antes dos anos 2000.

A prática do skateboard, e outros esportes de ação, permitem que a pessoa entre em contato não só com o esporte em si, mas também todas as suas  representações na cultura, arte, música, politica, posicionamento e opinião. O psicologia radical representa a soma da prática de skate desde o ano de 1998 com a prática profissional desde 2013 enquanto pesquisador premiado, escritor, supervisor e professor de psicologia do esporte. A pista de skate ensina a dividir espaços e mais ainda, ensina a independência de praticar o esporte fazendo uso do que sabe. Essa, aliás, é uma das principais características dos esportes radicas. Diferente de outros esportes, tais modalidades permitem a satisfação e liberdade quando colocamos em prática aquilo que sabemos, não nos restringindo a somente buscar o que falta para suprir uma classificação ou regra específica.

 

Como são os atendimentos? Os atendimentos acontecem em meu consultório, on-line ou nos ambientes de treino. Quanto tempo dura? De forma geral os atendimentos em psicologia e psicologia do esporte tem duração de 50 minutos a 1 hora por semana. No caso do atendimento em grupos pode durar de 1 a 2 horas. Quais são as modalidades? Em atendimentos infanto juvenis há a modalidade de atendimento individual e em grupo. Ocorrem de forma presencial. Nos programas de desenvolvimento amador os trabalhos podem acontecer presencialmente nos locais de treino, em espaços reservados ou online, tando individualmente quanto para Grupos. Nos casos de times de alto rendimento ou crew de marcas, os trabalhos ocorrem presencialmente em local e dia combinados.

 

/// Modalidades

Embora existam diferentes praticas que são conhecidas por serem modalidades de ação ou esportes radicais, e independente dos direcionamentos sociais e culturais que cada uma tenha em sua raiz, me arrisco a dizer que os esportes radicais tem uma base psicológica em comum. Seja no controle de atenção que o drop requer no skate e bmx, o receio do pedal na canela ou de perder o ciclo de pedalada no mountain bike fazem com que nossa atenção enquanto esportistas de ação seja desde sempre bem treinadas e exigidas, assim como também é a atenção necessária para não perder o controle de giro no motocross ou por um instante perder o traNcado da pista e perder posição na moto velocidade.

Há alguns anos atrás os esportes de ação eram descritos como única e basicamente a busca pelo perigo devido ao vicio pela adrenalina. Não concordo plenamente com essa descrição, a mim passa a impressão de que o praticante de um esporte radical é descompromissado com sua segurança. Sendo praticante de um esporte que a falta de atenção gera um tombo bobo mas que pode machicar, o skate, e tendo experimentado outros esportes de ação durante fim da infância e inicio da adolescência, entendo que os esportes radicais são mais que vicio por risco, mas sim, um compromisso com o foco e atenção à sua pratica.

As modalidades atendidas pelo psicologia radical levam as frases acima em consideração para a construção de propostas de trabalho e aplicações de bem estar, saúde, individualidade e performance em psicologia do esporte nos mais variados níveis, podendo ter inicio na infância e indo até alta performance exigida no dia a dia competitivo ou grupos de trabalhos relacionados ao contexto esportivo

 

 

Para outras modalidades, entre em contato para conversarmos sobre possibilidades de trabalho e intervenção de acordo com suas necessidades.

 

 

/// NOTÍCIAS

Confira nossas matérias mais recentes

CBSK DIVULGA SISTEMA CLASSIFICATÓRIO PARA O BRASILEIRO DE DOWNHILL SLIDE DE 2024

A Confederação Brasileira de Skateboarding (CBSk) divulga o sistema classificatório para o Campeonato Brasileiro de Downhill Slide de 2024, com previsão de realização entre os dias 14 e 17 novembro, em cidade a ser definida. A competição reunirá homens e mulheres nas categorias Profissional e Amador, tanto para o DHS quanto para o Longboard Downhill.

Os títulos brasileiros de Classic, DHS e Longboard Downhill das categorias Mirim, Iniciante, Master, Grand Master, Legend e Grand Legend, tanto Feminino quanto Masculino, serão definidos com base no ranking formado pelas etapas a serem realizadas ao longo do ano.

Clique aqui e confira o Sistema Classificatório para o Brasileiro de Downhill Slide CBSk 2024!

/// FONTE

Leia mais sobre CBSK DIVULGA SISTEMA CLASSIFICATÓRIO PARA O BRASILEIRO DE DOWNHILL SLIDE DE 2024
  • 0

LUCAS RABELO É O ÚNICO BRASILEIRO NO SLS APEX II, ÚLTIMO EVENTO DA STREET LEAGUE SKATEBOARDING ANTES DAS OLIMPÍADAS

Evento será realizado no dia 25 de maio, em Las Vegas, com pista inspirada na escadaria da Biblioteca de Los Angeles Os pontos conquistados são válidos para a classificação do SLS Championship Tour, que determinará a participação no SLS Super Crown World Championship, que acontecerá nos dias 14 e 15 de dezembro, em São Paulo As finais masculinas e femininas serão exibidas pelo SporTV 2 na segunda-feira, 27 de maio, a partir de 16h30

Las Vegas, maio de 2024 - A Street League Skateboarding (SLS) anunciou os skatistas que participarão da segunda edição do SLS APEX, modelo de competição condensado apenas com manobras individuais. A pista desta vez é inspirada nos degraus da Biblioteca de Los Angeles, um local de skate icônico que muitos fãs reconhecerão. O evento ocorre neste sábado (25) e as finais serão exibidas pelo SporTV 2 na segunda-feira (27), a partir das 16h30. 

Entre os homens, destaca-se a presença d…

Leia mais sobre LUCAS RABELO É O ÚNICO BRASILEIRO NO SLS APEX II, ÚLTIMO EVENTO DA STREET LEAGUE SKATEBOARDING ANTES DAS OLIMPÍADAS
  • 0

RAYSSA LEAL É CAMPEÃ DO OLYMPIC QUALIFIER SERIES EM DIA HISTÓRICO COM SETE BRASILEIROS NAS FINAIS

Rayssa Leal escreveu mais um capítulo importante do Brasil na história do skateboarding mundial. A skatista se sagrou campeã na primeira edição de um Olympic Qualifier Series, que teve Xangai (CHN) como sede.

“Estou muito feliz. Conquistei o primeiro lugar. Queria agradecer a todo mundo pela torcida. Muito obrigado a todo mundo que mandou energia positiva! Valeu pra quem ficou de madrugada assistindo. E é isso. Só tenho a agradecer”, comemora Rayssa Leal.

O domingo (19) na China — noite de sábado para domingo no Brasil — marcou as finais do Park e do Street, feminino e maculino, com um total de sete representantes do skateboarding nacional. Um número histórico para o Brasil.

O skateboarding brasileiro conta com 14 nomes no top 20 do ranking mundial olímpico. O limite de classificados aos Jogos de Paris é de 12 por país — leia mais sobre os critérios abaixo.

O evento contou com transmissão ao vivo desde a primeira fase p…

Leia mais sobre RAYSSA LEAL É CAMPEÃ DO OLYMPIC QUALIFIER SERIES EM DIA HISTÓRICO COM SETE BRASILEIROS NAS FINAIS
  • 0